Penalidades para "Over Optimization"

Penalidades para "Over Optimization"

Durante o SXSW que rolou entre 09 e 13 de março, Matt Cutts, “head of the webspam team at Google”, anunciou que o Google vem trabalhando em um novo modo para seu algorítmo que vai punir sites que são muito otimizados para SEO – o que ele chamou de “over-optimization” ou muito otimizado. Tentei aqui explicar o que pode acontecer nas próximas semana na atualização do algorítmo do Google segundo Cutts.

O que Matt revelou sobre o novo algorítimo?

Quando foi questionado por um participante o que o Google estava fazendo em relação a sites muito otimizados, e o que um simples dono de site/blog poderia fazer para melhorar seu posicionamento frente a grandes empresas que pagam milhões de dólares para manter seus sites nas primeiras posições.

Matt mencionou sobre deixar o algorítimo mais adaptativo, entendendo melhor um site com um bom conteúdo ou um site com muitas palavras chaves “jogadas”, muitos links trocados, ou algo além do que alguma pessoa normal poderia esperar.

O que essa atualização significa para os grandes sites?

Se o seu conteúdo é dirigido por tópicos, você não precisa se preocupar em ser penalizado quando novo algorítmo for implantado, mesmo se você perder um pouco seu tempo procurando otimizar seu conteúdo com palavras-chave e links relevantes. Se a sua escrita é impulsionada por palavras-chave, no entanto, prevemos que é mais provável que você vai sofrer alguns deslizes no seu posicionamento.

Qual a diferença entre conteúdo por tópicos ou palavras-chaves?

Basicamente a estratégia de conteúdo por tópicos é baseada no que o leitor procura, e por palavras chaves é o que os motores de busca procuram. Está certo que desde o lançamento do Panda, já tiveram alguns ajustes em relação a isso, mas nada tão poderoso.
Então, se você está selecionando temas com base no que o público acharia útil, você está fazendo direito. Se você está escolhendo o que escrever com base nas palavras-chave que você quer ser encontrado, o Google está fazendo tudo o que pode em seu algorítmo para não premiar tais sites nas SERPs.

Cutts também disse: “Faça um site atraente. Faça um site que é útil. Faça um site que é interessante. Faça um site que é relevante para os interesses das pessoas … Todas as mudanças que fazemos são desenhadas para equiparar o nível de satisfação do usuário com o que a página oferece à ele. ”

A pergunta que não quer calar. Se o Google está tentando se aproximar do que o usuário quer ler, então do que vai servir anos de estudo em SEO?
Segundo Cutts, todas as práticas de SEO podem ser muito útil. Podemos fazer um site mais rastreável, fazer um site mais acessível, que pode pensar sobre as palavras que os usuários vão digitar e que essas palavras vão fazer o motor de busca apontar para uma página que agrade o usuário.

O que você pensa dessas penalidades para Over Optimization que o Google vai aplicar? Deixe seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre Marcelo Morote

Sócio e diretor de TI da WebTraffic, responsável pelas equipes de Desenvolvimento Web e de Otimização de Sites. Formado em sistemas pela Anhanguera, certificado em Google AdWords e Analytics, também certificado Scrum Master pela Scrum Alliance. Pai do Danilo e apaixonado por códigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.