Na semana passada o Google lançou mais um serviço para seus usuários. Agora os internautas podem pesquisar informações sobre voos com os horários, escalas e linhas aéreas. De acordo com o próprio buscador, a novidade é um pequeno passo para tornar as informações sobre viagens mais fáceis de serem encontradas.

Recentemente o Google comprou o buscador especializado em informações sobre turismo ITA, muito utilizado nos EUA para pesquisa de passagens aéreas, especialmente por agentes de viagens e companhias aéreas. Com isso o Google reforça a presença em um segmento muito forte de pesquisas especializadas com alta possibilidade de retorno.

Isso nos leva de volta ao próprio modelo de negócios do buscador. Primeiro, eles criaram um mecanismo quase perfeito para localizar informações na internet, deixando a concorrência para trás. Por muito tempo, se especulou como a ferramenta seria usada para gerar receita para a empresa. Até mesmo quando os links patrocinados surgiram muitos ainda ficaram céticos com relação ao seu sucesso. Hoje o Google se tornou uma potencia global, conseguindo monetizar seus resultados de busca através dos links patrocinados no próprio buscador e em sua rede de parceiros.

Voltando às informações sobre voos, vemos algo parecido acontecendo. Primeiro o Google cria um serviço ótimo, que facilita muito a vida das pessoas. Com o tempo, o público vai aprender que sempre que precisar de informações sobre voos, é só digitar no buscador. Neste momento, as companhias aéreas que quiserem aparecer para seu público, vão precisar marcar uma presença forte nos resultados do buscador, seja através de links patrocinados, ou até mesmo outro modelo de anúncios, associado aos próprios resultados dos voos.

É o Google apostando cada vez mais em monetizar sobre as empresas, mas ajudando os consumidores em suas escolhas. Isso vai criando uma empatia com os usuários de internet, que cada vez mais se voltam ao buscador para pesquisar informações antes de decidir uma compra. Por um lado, isso pode ser entendido como um monopólio, uma vez que os outros buscadores não estão nem perto de concorrer com o Google. Por outro lado, o Google diz que conquistou esta posição oferecendo um serviço melhor para os usuários, de forma honesta.

E você, o que achou do novo serviço de informações de voos do Google? Deixe sua opinião em nossa seção de comentários abaixo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre Flávio Luizetto

Sócio e Diretor de Operações da WebTraffic, certificado GAP (Google Advertising Professional), e certificado Google Partner. Especialista em internet, usabilidade, performance, ROI e Interação em Redes Sociais (SMM). Palestrante em diversos eventos como o Search Labs’10, a III Semana de Marketing da Faculdade Cásper Líbero, palestra sobre Redes Sociais para 300 franqueados do Rei do Mate e vencedor do Prêmio Rotary de Liderança Juvenil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.